SMA faz alerta à população pela prevenção de incêndios

SMA faz alerta à população pela prevenção de incêndios

Curtir
16
0
segunda-feira, 25 setembro 2017
Mais Dicas

Nos últimos dias, vários focos de incêndio atingiram unidades de conservação do Estado de São Paulo, o que mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros, funcionários do Instituto Florestal e colaboradores locais para ajudar a controlar o fogo.

Houve incêndio em diferentes regiões. A Florestal Estadual de Assis teve canaviais e áreas de restauração de cerrado e plantio de eucalipto afetadas. Já a Floresta de Batatais sofreu com o fogo em área de reflorestamento de Pinus. Outra área que sofreu foi o Parque Estadual Campos do Jordão.

No Parque Estadual Juquery, em Franco da Rocha, as queimadas atingiram uma área onde se encontram os últimos fragmentos do bioma Cerrado na região Metropolitana de São Paulo. No Parque Estadual Itapetinga, entre Bom Jesus dos Perdões e Atibaia, o fogo atingiu uma vegetação nativa de Mata Atlântica.

Todos os focos de incêndio estão controlados, depois de mais de uma semana de esforços realizados nas áreas atingidas. Entretanto, é preciso redobrar o cuidado para evitar novas queimadas, pois a maior parte dos incêndios é provocada por irresponsabilidade no uso do fogo. E o tempo seco favorece para que esses pequenos focos se espalhem, causando grandes incêndios que prejudicam seriamente as áreas florestais e ameaçam regiões urbana e rural.

Apelo à população

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente e a Fundação Florestal fazem um apelo à população para que ajudem a prevenir novos focos de incêndio.

As principais ameaças que acabam por gerar grandes incêndios tanto florestais como campestres são práticas como: queimar lixo e usar fogo para limpeza de terrenos em áreas próximas à vegetação natural, jogar pontas de cigarro em rodovias e soltar balões.

As Unidades de Conservação da Fundação Florestal protegem os últimos fragmentos de Mata Atlântica e Cerrado no Estado de São Paulo e toda a sua biodiversidade. Os incêndios causam grandes estragos nessas áreas. Muitos animais morrem ou perdem seu habitat e a vegetação leva décadas para se recompor.

Além de ajudar na prevenção, a população pode ajudar denunciando, já que muitos incêndios são criminosos. Caso tenha alguma informação, denuncie junto à Polícia Militar por meio do telefone 190. Ou fale diretamente com a Secretaria do Meio Ambiente pelo aplicativo “Denúncia Ambiente”, disponível gratuitamente para smartphones Android e Apple.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.