Cada vez mais mulheres aderem a Corrida de Rua

Cada vez mais mulheres aderem a Corrida de Rua

Curtir
61
0
terça-feira, 28 março 2017
Mais Dicas

Que as mulheres saíram de casa para correr atrás de seus sonhos, isso já faz um tempo, mas agora decidiram correr de outra forma também e estão tomando conta de outro espaço, as ruas. Um dos esportes mais democráticos que existe, a corrida, tem apresentado um crescimento exponencial impulsionado principalmente pelas mulheres.

As corridas de endurance são caracterizadas por provas de média e longa distância, de modo que a resistência física dos corredores é testada. Após o “boom” de corridas de rua no Brasil iniciado na década de 80, tendo como marco a Maratona do Rio de Janeiro, hoje o calendário de corridas de rua se estende durante todo o ano em todos os estados brasileiros.

Embora as corridas de endurance sejam atividades físicas que requerem elevado consumo energético, muitas corredoras tendem a manter um consumo calórico muito abaixo do necessário com o propósito de reduzir peso e gordura corporal, entretanto, com a restrição calórica, proteica e deficiente ingestão de micronutrientes aumentam os riscos para a saúde e o desempenho físico tende a ser reduzido.

Dentre as alterações mais observadas, algumas desordens alimentares, problemas na saúde óssea e disfunção do ciclo menstrual, constituem uma tríade conhecida como “Tríade da Mulher Atleta” que pode ser observado também em outros esportes como ginástica olímpica. Para efeitos práticos o consumo energético para corredoras deve ser de 45 kcal/Kg de massa magra, acrescido do gasto energético gerado pela atividade física.

PROTEÍNAS

As corridas de endurance alteram o metabolismo proteico degradando maior quantidade de aminoácidos que são responsáveis por oferecer 1 a 6% da energia total gasta durante a corrida, mas com o consumo calórico total e de carboidratos adequados, esta utilização pode se manter mínima. Outros fatores que podem alterar a necessidade de ingestão proteica são a quantidade, composição e horário de cada refeição, níveis hormonais e a fase do ciclo menstrual, por isso devem ser avaliados com cuidado pelo nutricionista.

FERRO

Os níveis de ferro também são importantes do ponto de vista biológico por exercerem funções de suporte a outras proteínas e enzimas que garantem o desempenho físico e cognitivo. Seu destaque se deve a incorporação à hemoglobina responsável pelo transporte de oxigênio e se tratando de uma atividade predominantemente aeróbica, deficiências de ferro poderiam levar a queda do desempenho. Apenas a quantidade total ingerida de ferro não garante sua biodisponibilidade e absorção máxima e níveis séricos adequados, uma inadequada composição alimentar pode prejudicar a absorção de ferro (presença de taninos, fosfatos, cálcio, fitatos) e a formação de hemácias (deficiências em vitamina B12, B6, ácido fólico e cobre), e perdas causadas no período de menstruação devem ser variáveis cuidadosamente observadas.

HIDRATAÇÃO

Embora ainda não existam estratégias nutricionais específicas de hidratação de acordo com cada período menstrual sabe-se que este período influencia diretamente o balanço hídrico do corpo. Durante a fase lútea, por exemplo, a mulher apresenta taxas maiores de reabsorção renal de água, assim como níveis mais elevados de progesterona e estrogênio elevam a reabsorção de água e eletrólitos. O que se sabe é que homens e mulheres merecem algumas considerações especiais. Mulheres usualmente apresentam sudorese menor, principalmente devido a massa corpórea menor e níveis mais baixos de taxa metabólica durante a atividade, ainda assim são mais suscetíveis à hiponatremia quando comparada aos homens. De modo geral, para se garantir um bom desempenho durante longas provas, a hidratação deve ser realizada com líquidos contendo água, carboidratos e eletrólitos na tentativa de não reduzir mais de 2% do peso corporal.

Cada esporte apresenta uma característica específica e para cada corredor seja amador ou profissional deve existir uma nutrição personalizada.

Thiago Marfori é nutricionista com ênfase na performance esportiva. (24) 99969-2795

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.